top of page

Transforme um poema do Manoel de Barros em uma aula de produção de texto.

Atualizado: 1 de abr.

Trabalhar poesia na sala de aula pode ser um desafio. Em geral, nos prendemos em atividades de leitura e interpretação de texto, mas é possível fazer muito mais!


Aqui compartilharemos uma sequência didática completinhas e 3 propostas de redação para trabalhar nas suas aulas.


Além das indicações disponíveis aqui, você pode ver a live que rolou lá no nosso Insta. Explicamos um pouco mais sobre essa atividade. Para assistir à live, é só clicar aqui.



1º PASSO - O autor e a poesia


Partiremos de um poema do Manoel de Barros, ´Bernardo é quase uma árvore’. Para iniciar, antes mesmo de ler o texto é legal apresentar o autor. Para isso sugeriremos duas opções:


  1. O(a) próprio(a) professora fazer uma exposição sobre o autor e sua obra.

  2. Propor uma pesquisa roteirizada para que o próprio aluno pesquise sobre o Manoel de Barros.


Se optar por fazer a pesquisa, é importante que seja roteirizada. Não precisa ser nada megalomaníaco, apenas diretrizes básicas para que o aluno possa se orientar. É bom lembrar que Manoel de Barros viveu muitos anos e produziu muito, então há bastante material de pesquisa.


Coloque no roteiro o essencial, por exemplo, idade, onde viveu, principais obras/principal obra, quais as temáticas mais recorrentes, um fato curioso sobre o autor etc.

Para encerrar essa primeira etapa, você formular um kahoot! Adolescentes amam jogos, essa é uma maneira legal de checar informações básicas e importantes.


Você nunca fez um kahoot? É super fácil de fazer, kahoot é um jogo rápido de perguntas e respostas. Você mesmo(a) pode formulá-las, ou seja, é um jogo 100% personalizável.


ATENÇÃO! O kahoot é um jogo online, então precisará de internet na sala de aula.


Se quiser aprender a elaborar um kahoot, clique aqui.



2º PASSO - A leitura do poema.


Faça uma leitura do poema, como ele é curtinho, é possível lê-lo mais de uma vez. Veja a seguir:


Bernardo é quase árvore.

Silêncio dele é tão alto que os passarinhos ouvem

de longe

E vêm pousar em seu ombro.

Seu olho renova as tardes.

Guarda num velho baú seus instrumentos de trabalho;

1 abridor de amanhecer

1 prego que farfalha

1 encolhedor de rios - e

1 esticador de horizontes.

(Bernardo consegue esticar o horizonte usando três

Fios de teias de aranha. A coisa fica bem esticada.)

Bernardo desregula a natureza:

Seu olho aumenta o poente.

(Pode um homem enriquecer a natureza com a sua

Incompletude?)


Inicie pela leitura. E depois proponha algumas reflexões:


1- É possível identificar "o Manoel de Barros" no poema?


2- Quais expressões/trechos podem ser/ são "imaginárias"?


3- O que podem significar?



3º PASSO - O documentário


Depois, veja com os alunos um trecho do documentário 'Só 10% é mentira'. Esse documentário é dedicado à vida do Manoel de Barros e a outras pessoas que se inspiraram nesse grande poeta.


A sugestão é ver um trecho dos 24 minutos aos 28 minutos. Para ver o documentário é só clicar aqui. Nesse trecho, os alunos conhecerão o Paulo, um apaixonado pela obra de Manoel de Barros, ele dá materialidade (literalmente) a algumas ideias do autor.


A partir das obras construídas pelo Paulo, proponha algumas reflexões aos alunos, por exemplo:


  • Discutir a pertinência ou não das representações propostas por ele.

  • Pensar em outras possibilidades de representação.




4º PASSO - As propostas de redação


Se tiver oportunidade, independentemente da proposta que optar desenvolver, sugerimos um trabalho em parceria com o(a) professor(a) de artes. Vai ser muito legal a oportunidade de colocar a mão na massa assim como o Paulo faz.


Proposta 01 - Elaborar uma descrição.

- peça aos alunos para descreverem uma dessas "criações" de Manoel de Barros.


Proposta 02 - Elaborar um manual de instruções.

- proponha aos alunos para elaborem um manual de instruções para seja possível "usar" uma dessas "criações" de Manoel de Barros.


Proposta 03 - Elaborar uma peça publicitária.

- solicite aos alunos para formularem uma peça publicitária para "vender" uma dessas "criações" de Manoel de Barros.


Para cada proposta é interessante pensar no tempo disponível, por exemplo, será muito mais rápido desenvolver a Proposta 01. Também é possível fazer mais de uma proposta com a turma.




Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page